sábado, 8 de outubro de 2011

COMERCIAL BEM BOLADO

A REPÓRTER VIDENTE


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

AS CURIOSIDADES QUE ESTÃO ROLANDO NO ORKUT

dztctm8a
Essas curiosidades eu achei no Orkut postada pela “Denise Colpani” na comunidade ๑ Você sabia? O.o’.


AS 13 COISAS QUE VOCÊ NÃO PODERIA MORRER SEM SABER:
  1. Ratos não vomitam.
  2. Os ursos polares são canhotos.
  3. Você pisca aproximadamente 25 mil vezes por dia.
  4. Os russos atendem ao telefone dizendo “Estou ouvindo“.
  5. Ninguém consegue lamber seu próprio cotovelo.
  6. O Oceano Atlântico é mais salgado que o Pacífico.
  7. O elefante é o único animal com quatro joelhos.
  8. A cada ano, 98% dos átomos do seu corpo são substituídos.
  9. Rir durante o dia faz com que você durma melhor a noite.
  10. 15% das mulheres  americanas mandam flores para si mesmas no dia dos namorados.
  11. Seu cabelo cresce mais rápido a noite, e você perde em media 100 fios por dia.
  12. A barata consegue sobreviver por nove dias sem a cabeça antes de morrer de fome.
  13. 75% das pessoas que leram essas 13 coisas, tentaram lamber o próprio cotovelo!

    Deixe seus comentários!

É Possível Trocar De Nome?

rg

Tem cada uma…      
É possível, sim. Aliás, há casos em que não somente é possível, mas é também indispensável. Casos absurdos, como o daquele caipira que chegou ao cartório e disse que queria trocar de nome. “Bem, podemos providenciar isso, mas o senhor vai ter que trocar todos os seus documentos, vai dar trabalho danado!” – explicou o escrivão. Meio encabulado, o matuto disse: “Faz mar não, dotô! No meu caso, carece trocar de quarquer jeito!”  Curioso, o funcionário perguntou: “Ah, é? E como é o seu nome?” Mais encabulado ainda, o caipira respondeu: “É Antonho Cocô, sim sinhô…”  Esforçando-se para conter o riso, o escrivão concordou:“É… O senhor tem razão, ninguém pode se chamar Antônio Cocô. Mas, me diga, por qual nome o senhor quer trocar?” Com um sorriso vitorioso, o capiau respondeu: “Por Chico Cocô, sim sinhô!…”
Nomes absurdos
Pois é, o caipira não gostava mesmo era do “Antônio”, o resto estava ótimo… Isso foi só uma piada, mas há casos reais, registrados em vários cartórios brasileiros. Veja alguns exemplos incríveis: 
Agrícola Beterraba Areia Leão 
– Abxivispro Jacinto 
– Amável Pinto 
– Colapso Cardíaco da Silva 
– Gerunda Gerundina Pif Paf 
– José Catarro Marques da Silva 
– Maria Privada de Jesus 
– Otávio Bundasseca 
– Padre Filho do Espírito Santo Amém 
– Um Dois Três de Oliveira Quatro 
– Vicente Mais ou Menos de Souza… 
e muitos outros.
Como trocar o nome
Primeiro, é preciso saber que a lei só permite trocar de nome uma única vez. Ninguém pode trocar de nome quantas vezes quiser, porque o nome é uma forma de identificar uma pessoa em virtude de um crime, por exemplo. De modo geral, o nome de alguém é imutável, vale para o resto da vida. Existem, porém, algumasexceções. É necessário contratar um advogado, abrir um processo e o julgamento pode levar até seis meses.
Razões para a troca
Alguém muito conhecido pelo apelido tem direito de acrescentar o apelido na certidão ou até de trocar o prenome. Por exemplo, Luiz Inácio da Silva foi trocado por Luiz Inácio Lula da Silva; Maria da Graça Meneghel poderia ser trocado por Maria da Graça Xuxa Meneghel ou até por Xuxa Meneghel; Édson Arantes do Nascimento poderia virar Édson Arantes Pelé do Nascimento e assim por diante.

Outros casos
  • Pessoas ameaçadas de morte
  • Homônimos (pessoas com nomes iguais)
  • Falsos nomes estrangeiros: pessoas cujos pais, por ignorância, registraram seus nomes estrangeiros erradamente. Maicon vira Michael; Uóxinton vira Washington, Cheron vira Sharon Sthefany vira Stéphanie
  • Motivo de bullying: nomes que lembrem palavrões ou sejam ridículos. No tempo daquela campanha pelo uso da camisinha (lembram?), muitos Bráulios trocaram de nome…

Por que a chama do fogão é azul e não emite fumaça?


A chama do fogão  é azul basicamente porque a queima do combustível resulta em gás carbônico  e água. Segundo o físico e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Ennio Peres da Silva, são esses materiais, gerados na queima do gás do fogão, que emitem luz no espectro do azul.
Silva explica que algumas vezes, quando o gás está perto de acabar, por exemplo, algumas impurezas podem queimar junto. Como essas impurezas não queimam por completo, elas emitem luz amarela. Um maçarico, por exemplo, quando está sendo ajustado, tem chama amarela. Contudo, quando a proporção de oxigênio e gás é perfeita, ou seja, o combustível é totalmente queimado, sem desperdício, a chama do maçarico fica azul.
E por que esses compostos emitem luzes de cores diferentes? O físico explica que, ao aquecermos um material, as moléculas entram em um estado de agitação, porque estão absorvendo energia, mas depois decaem, emitindo energia – no caso, em forma de fótons, a partícula da luz. O resultado da queima de gases do fogão é gás carbônico e água, moléculas que emitem muita energia. Quando a proporção não é perfeita, como no caso do maçarico, são emitidos também hidrocarbonetos, que emitem menos energia, uma característica de suas ligações de carbono. Isso resultado no tipo de luz que eles emitem: azul (que tem mais energia) e amarela (com menos energia).
É exatamente por queimar completamente e emitir gás carbônico e água que o gás do fogão não emitefumaça, ao contrário da madeira, que ao queimar emite outros componentes que formam a fumaça.

ORIGEM DOS COMPUTADORES


O mundo dos computadores evoluiu muito de uns anos pra cá, com a aparição de novas tecnologias, softwares, máquinas cada vez mais potentes, a expansão da internet. É até difícil se imaginar sem essas coisas, não é mesmo?
Mas, como surgiu tudo isso? Como surgiram termos técnicos, os programas, quem desenvolveu? A seguir, trago a primeira parte sobre algumas curiosidades sobre esse universo da computação.


1. O primeiro computador pessoal
altair_8800O Altair 8800 é considerado por muitos o pioneiro na era dos computadores pessoais. Foi lançado em 1975 e desenvolvido pela MITS (Micro Instrumentation and Telemetry Systems), nos EUA. Tinha como características uma unidade de processamento central com uma memória de 256 bytes e um complexo sistema de operação.


2. A origem dos hackers
mit-campus-viewO mais provável é que tenham surgido no MIT (Massachusetts Institute of Technology).  Esse nome era dado aos estudantes aficcionados por complexos sistemas elétricos de maquetes de ferromodelismo. Com o acesso deles aos computadores, passaram a desenvolver pequenos programas e jogos, tudo em nome do desafio de desvendar os segredos da informática.
3. O primeiro software
O primeiro software de uso geral foi o CTSS (Compatible Time-Sharing System), desenvolvido no MIT e apresentado em novembro de 1961. Em 1980, William (Bill) Gates e seu colega de faculdade, Paul Allen, fundadores da Microsoft, compram o sistema QDOS ("Quick and Dirty Operating System") e batizam-no de DOS (Disk Operating System) e vendem licenças à IBM, O DOS é considerado por muitos o primeiro softawe desenvolvido para computadores pessais.


4. A criação do disquete
disqueteEm 1967, David Noble, da IBM criou um disco de 8 polegadas e 80 kB que era somente para leitura, mas logo descobriu que a sujeira estragava rapidamente o disco. Assim, criou a capa que encobre os disquetes, e que se tornaram sua marca característica. Em 1975, o tão-famoso disco de 5 1/4 polegadas foi criado, mas a fábrica que o construíu não viu futuro para ele e o projeto foi arquivado. Somente em 1978 estes disquetes começaram a ser distribuídos, e logo se tornaram muito populares. E finalmente, em 1982, a Sony criou o disquete de 3 1/2 polegadas, que funcionavam apenas nos seus computadores. Mas logo outros fabricantes começaram a usar o formato e ele se tornou dominante na indústria. Embora a capa que o recobria agora fosse dura, o disquete continuava sendo chamado de "disco flexível". (Fonte: www.historiadacomputação.blogspot.com)


5. A origem do HD e seus nomes
hdO primeiro HD (305 RAMAC), ou disco rígido na época, foi desenvolvido pela IBM em 1957, com uma capacidade de 5Mb. Em 1973 a mesma IBM lançou o modelo 3340 "Winchester", nome que ficou popularizado e hoje está em desuso.

6. Quem criou o mouse?
O nome disco rígido (hard disk) foi criado para ser chamado por oposição a disco flexível (do inglês, “floppy disk”).1197038886_cd700daf73
O norte-americano Douglas Engelbart, engenheiro eletrônico, foi quem criou o mouse, em 1968. Mas quando sua invenção começou a se popularizar, sua patente já havia vencido, ou seja, ele acabou não recebendo nada pela sua criação.
O primeiro computador pessoal a utilizá-lo foi o Lisa, modelo desenvolvido pela Apple, em 1983.

Foto: Bamshad


7. Quem criou o teclado?
tecladoNa verdade não foi bem uma criação específica para os computadores. É na verdade uma adaptação do teclado das antigas máquinas de escrever, com alguns acréscimos de comandos. A sua disposição, ou seja, o posicionamento das letras, foi criada pelo norte-americano Christopher Latham, em 1870. Essa combinação é chamada "Qwerty", por causa das letras que iniciam o teclado, e a ordem delas foi desenvolvida segundo o idioma inglês, para combinar os pares de letras mais usadas dessa língua.







8. Quem criou a conexão USB
2683644616_b968c9c0e8
O padrão USB (Universal Serial Bus) foi desenvolvido por um consórcio de empresas, entre as quais destacam-se: Microsoft, Apple, HP, NEC, Intel e Agere. O intuito era criar uma conexão entre o computador e vários periféricos sem ter a necessidade de desligamento do aparelho. A primeira versão do projeto surgiu em 1994. O padrão atual mais usado, o USB 2.0 foi lançado em 2000.
Foto: Liam Dunn


9. O desenvolvimento da internet
wwwEm 1969, cientistas norte-americanso desenvolveram uma rede que interligava computadores, cujo nome era ARPAnet (ARPA: Advanced Research Projects Agency). Originalmente, foi usada para fins militares, devido à guerra fria.
Em 1987, o governo dos EUA acabou liberando o uso comercial da rede, e finalmente, em 1991, nascia a web com o primeiro site hospedado, desenvolvido no laboratório CERN, na Suíça, pelo inglês Tim Berners-Lee, que acabou abrindo mão da patente.
Bom, chega ao fim a série de dois artigos sobre algumas das curiosidades sobre a informática. Espero que tenham gostado do assunto.


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Por Dentro da Conexão HDMI (High Definition Multimedia Interface)


hdmi

HDMI  (High-Definition Multimedia Interface) é atualmente o melhor tipo de conector de áudio e vídeo digital disponível que promete substituir todos os conectores atualmente usados em aparelhos deDVD e similares, decodificadores de TV a cabo/satélite,  TVs, videoprojetores e monitores de vídeo.
A idéia é em vez de usarmos vários cabos e conectores para conectar os sinais de áudio e vídeo de um aparelho de HD-DVD a uma TV, por exemplo, exista apenas um único cabo e conector fazendo todas as ligações necessárias. Este novo padrão de conexão está desenvolvido em conjunto pelas empresas Hitachi, Matsushita (Panasonic/National/Technics), Philips, Silicon ImageSonyThomson (RCA) e Toshiba.
A maior vantagem desse novo padrão é que a conexão tanto de áudio e quanto de vídeo são feitas digitalmente, apresentando a melhor qualidade possível de áudio e vídeo. O DVI (DVI-D, na verdade) também oferece conexão digital entre seus equipamentos e telas, mas ele não transforma suporta sinais de áudio, o que significa que você precisa de um cabo extra para a conexão de áudio; e todos os outros padrões populares – vídeo componentes e S-Video, por exemplo – são conexões analógicas. Você pode aprender mais sobre os outros tipos de conexão existentes hoje lendo nosso tutorial Conectores de Vídeo.
Há três diferenças básicas entre o HDMI e o DVI-D. Primeiro, o HDMI suporta resoluções maiores do que o DVI, inclusive resoluções ainda não lançadas comercialmente (em teoria suporta o dobro da resolução mais alta usada atualmente por aparelhos de TV de alta definição); segundo, o DVI só faz conexão de vídeo, a conexão de áudio precisa ser feita através de um cabo separado, enquanto o HDMI faz a conexão tanto do vídeo quanto do áudio; terceiro, o conector HDMI é bem menor que o conector DVI.
É interessante notar que o HDMI é totalmente compatível com o DVI-D, sendo possível conectar um aparelho com um conector HDMI a outro contendo um conector DVI-D, através de um cabo com um conector HDMI em uma ponta e um DVI na outra.
Outra diferença importante é que o padrão DVI foi desenvolvido para ser usado por PCs, enquanto que o HDMI foi desenvolvido para ser usado por equipamentos eletrônicos tais como aparelhos de DVD, Blu-Ray e HD-DVD, videoprojetores e aparelhos HDTV.
O HDMI também implementa um sistema de proteção contra cópias chamado HDCP (High-Bandwidth Digital Copy Protection), que foi desenvolvido pela Intel
Fonte: Guia Do Hardware

Deixe seu MSN melhor com o

Messenger Plus! Live

DÊ COMIDA AOS PEIXES